A mafia dos sorteios para aumentar seguidores no Instagram

Sorteio no instagram.jpg

Por João Finamor

As redes sociais e influenciadores digitais, se tornaram peças importantes em uma estratégia de presença digital de uma marca, dessa forma, cada vez mais as marcas e empresas tentam estreitar os laços com esse criadores de conteúdo, realizando ações de influencer marketing. Para a escolha dessas pessoas que têm boa influência nas redes sociais, a primeira métrica que as empresas se baseiam é o número de seguidores; embora essa escolha seja equivocada, nãos discutiremos quais métricas são as melhores, mas a consequência desse comportamento: muitos influenciadores limitaram suas ações e trabalhos em função de ganhar seguidores.

Ao invés de procurar produzir bom conteúdo e por consequência engajar os usuários, esses influenciadores fazem artimanhas para crescer mais rápido e chamar atenção dos contratantes. Muitos deles compram seguidores, usando ferramentas e sites, onde por menos de R$ 50,00 ganham mil seguidores e curtidas em suas publicações, tudo isso de forma fake e artificial, já que essas contas são de usuários que não existem, só somando e inflando as métricas.

Mas um outro caminho que muitos influenciadores encontraram para crescer facilmente e sem trabalho, foi financiar sorteios de iphones e maquiagens para ganhar seguidores, que embora sejam reais, não são qualificados.

Para entender melhor essa mecânica, participei de um sorteio.

Como funciona o sorteio?

Atualmente os sorteios são organizados por agências e/ou pessoas que negociam com grandes influenciadores (fit celeb), os cachês desses influenciadores grandes variam de 10 mil a 50 mil. Duas das mais famosas que fazem esse tipo de sorteio e são muito disputadas são: a Mari Maria (@marimariamakeup) e Flávia Pavanelli (@flaviapavanelli), os valores para participar como “patrocinadores” delas fica na faixa de R$ 5500.

Mas vamos entender mais esses sorteios, eu participei e vou contar os detalhes. O contato inicial começa de vários jeitos, te enviam direct, email, whattsapp ou você mesmo procura alguém ou uma agência e a partir daí tu vê o quanto isso se tornou uma máfia.

FullSizeRender.jpg

Ao dizer que você tem interesse, você é colocado em um grupo onde são mostrados prints com as pricipais métricas  do influenciador que vai sortear o prêmio, então nesse grupo tu tem acesso à impressões de feed, alcance das postagens, e por aí vai, pode perguntar mais métricas, bem como a estimativa de seguidores. Você topando, você paga, pode ser depósito ou até pagamento via cartão, a assim que é confirmado o pagamento você colocado no grupo dos “pagantes”, onde então você acompanha o sorteio.

Os valores dos sorteios variam de R$ 200 a 6 mil reais,sempre relacionados ao prêmio e ao influenciador que vai sortear. Os prêmio variam também, mas em geral são maquiagens e iphones.

Então chega o dia o do sorteio, e digo, é SURREAL, você vê sua conta saltar o número de seguidores, no meu caso ganhei mil seguidores em uma hora.Ao final do sorteio, ganhei quase 12 mil seguidores, mas ao passar de horas foram caindo e hoje no dia que escrevo restaram, 8mil seguidores. É aí caro leitor que você vai me dizer: então é ótimo João, tu ganhou 8 mil seguidores, reais!

E eu te digo: NÃO, é péssimo, sabe por quê?

Ganhei 8 mil seguidores não qualificados, que só me seguiram porque queriam ganhar o prêmio, eles não curtem minhas publicações, não vêem meus stories ou seja, inflaram meu número de seguidores, mas despencaram minhas demais métricas, e você sabe como é o danado do algoritmo do instagram: na primeira hora do meu post, ele “entrega” para uma parcela de seguidores, se essa postagem performar bem, bastante curtidas e comentários, ele mostra para mais seguidores. Sendo assim, depois do sorteio, menos gente que gosta do meu conteúdo, vai acabar vendo minhas publicações e aí que tu entra numa bola de neve, sendo atropelado pelo algoritmo.

Sem falar numas “blogueiras”, sim caro leitor, uso aspas, porque tenho dúvidas se realmente produzem algum conteúdo, que ficaram viciadas nesse concursos e sorteios e agora participam de todos, e com isso estão num crescimento exponencial, e na cabeça delas, por terem muitos seguidores, podem cobrar muito mais das empresas, por causa desse número, que nada mais é, que num número inflado.

Quem aí já viu essa semana algum sorteio no instagram?